Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020

Projeto Quelônios realiza soltura de seis mil filhotes de tartarugas em Santa Maria das Barreiras




COMPARTILHE

O Projeto Quelônios promovido pela Prefeitura Municipal de Santa Maria das Barreiras, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que conta com o apoio de moradores, ribeirinhos, pescadores e do prefeito José Barbosa de Faria, o ‘’Mussum’’, está promovendo o repovoamento de tartarugas da Amazônia e tracajás no Rio Araguaia.

A área de repovoamento das espécies está localizada dentro dos limites do município de Santa Maria das Barreiras, na divisa com o estado do Tocantins. Este ano foram soltos cerca de seis mil filhotes em uma praia próximo à sede do município.

O projeto coordenado pelo secretário municipal de Meio Ambiente, Cristóvão Lima, contou com a participação de servidores da SEMA, que realizaram o trabalho de coleta dos ovos, tratamento nos viveiros e soltura dos filhotes da praia. O prefeito José Barbosa, o ‘’Mussum’’ que tem sido um dos maiores incentivadores do projeto, participou da soltura dos 6 mil filhotes que após adquirir resistência contra os predadores foram devolvidos a natureza.   

Na vida adulta, a tartaruga-da-amazônia pode chegar até a um metro de tamanho e pesar cerca de 60 quilos. Mussum, destacou a participação de todos os que se envolveram no projeto de grande importância na questão de educação e preservação ambiental. “Aqui é um projeto que está envolvida toda uma sociedade, os órgãos ambientais, a iniciativa privada e os voluntários, isso fortalece a cada ano a execução do projeto’’, disse o gestor.

O secretário Cristóvão Lima, disse que, além dos predadores naturais e das questões ambientais, a ação antrópica também é responsável pela diminuição das populações de quelônios. “Sabemos que na natureza, apenas 2% dos quelônios que chegam ao rio conseguem sobreviver. Com o projeto de acompanhamento, conseguimos aumentar essa chance para 13%, mas o maior predador da tartaruga na fase adulta não é nem os animais e sim o homem, com a pesca irregular”, ressaltou ele.


Autor:AMZ Noticias com Dinho Santos


Comentários:
O Jornal do Carajas não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal do Carajas e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias